Os painéis OLED mais novos são mais precisos em exibição de cores e eficiência energética do que nunca, e esperavam que no próximo ano alcançassem o mesmo nível de consumo de energia da exibição de cores brancas, além de LCD. Então, a Apple agora vê o sentido de se mudar para a tecnologia OLED nos próximos smartphones do iPhone.

Um mês atrás, descobrimos que a corporação Samsung recebeu a ordem da Apple para os 100 milhões de painéis OLED. De acordo com o último relatório de pesquisa da UBI Reseach, o gigante sul-coreano receberá um contrato para fornecer 60 por cento dessas telas para futuros iPhones, que deverá ser lançado em 2018. A LG Company receberá a ordem por 20 a 30 por cento e O resto dos painéis serão contratados nas empresas do Japão Display e Foxconn.

Há uma razão para acreditar que a Apple lançará um iPhone com uma tela curva para ser competitivo com os smartphones da série Edge da Samsung.