Há algum tempo que vemos rumores sobre a possibilidade de a Apple lançar três modelos de iPhone em 2017. Estima-se que o modelo mais topo de linha dos três estrearia a tecnologia OLED, algo inédito nos smartphones da Maçã.

Os rumores sobre o próximo iPhone são conflitantes, alguns indicam que veremos o iPhone 8 já em 2017, enquanto outros apostam no iPhone 7s. No final das contas, tudo indica que veremos os dois modelos no mesmo ano. Esta informação foi compartilhada por fonte chinesa que teve acesso a diagramas dos componentes de cada aparelho.

É informado que Apple adotará uma arquitetura diferente na próxima geração do iPhone. A empresa pretende dividir a placa-mãe do aparelho em duas partes conectadas entre si por um cabo. A parte superior ficaria responsável por conectar o processador com as memórias, enquanto a parte inferior traria os componentes responsáveis pela conectividade, como Wi-Fi e modem 4G.

Esta mudança visa reduzir o custo com reparos, já que não seria mais necessário trocar todos os componentes caso algum apresente problema, além de ajudar a reduzir as medidas do smartphone. No entanto, a parte mais curiosa está nos codinomes encontrados na documentação compartilhada: D20, D21 e D22.

De acordo com a fonte, os modelos D20 e D21 referem-se aos iPhone 7s e 7s Plus respectivamente. Já o D22 pode ser o iPhone 8 com tela AMOLED. Faria sentido lançar duas gerações no mesmo ano?

Aparentemente, o modelo 7s não deve trazer muitas novidades. Recentemente foi informado que o grande destaque deste modelo seria trazer a nova cor vermelha. Para quem busca um iPhone completamente reformulado, teria que esperar pelo iPhone 8. Ainda falta muito tempo para a nova geração ser anunciada. Até lá deveremos ter mais informações sobre os planos da Apple.

 

Fonte:weibo