As memórias 3D NAND Flash deverão ganhar maiores capacidades e ter seu custo reduzido nos próximos anos, com a tecnologia atingindo 140 camadas até 2021. Hoje em dia, os dispositivos de armazenamento mais avançados com o recurso possuem 64 camadas.

A previsão foi feita por Sean Kang, da companhia Applied Materials, durante o International Memory Workshop (IMW) no Japão. Segundo ele, a quantidade de novas camadas vai permitir que os produtos tenham dies de maior densidade distribuídos pela mesma área de PCB. Com isso, a expectativa é de que o preço por cada GB de memória ficará menor nos próximos anos.

Antes de chegarmos nesse estágio, porém, serão necessários alguns passos nessa evolução. Espera-se que, ainda em 2018, serão lançadas soluções de 96 camadas que vão reduzir em 20% a altura de cada camada.

WD anuncia 3D NAND de 96 camadas capazes de armazenar 1TB por chip

As memórias 3D NAND surgiram como uma alternativa para as tradicionais 2D NAND. A grande diferença está na possibilidade de posicionar camadas de memória de maneira vertical, o que sai mais barato do que expandir a capacidade utilizando o espaço horizontal.