A Lenovo segue investindo arduamente na linha Moto Z, que recebeu oficialmente o Android Nougat no Brasil em novembro do último ano.

Sendo considerada uma das famílias mais respeitadas do ecossistema Android, o Moto Z teve 1 milhão de vendas ao redor do mundo só no ano passado, fechando 2016 com um resultado realmente bem positivo para companhia na participação de mercado.

Nesta semana, um novo módulo para o Moto Z ainda ganhou destaque, que apesar de não ser desenvolvido pelas “mãos” da Motorola, chamou atenção de forma praticamente unânime pelo conceito genial.

O Moto Mod recebe o nome de TimeWave, e basicamente adiciona uma gama de atalhos para facilitar no uso cotidiano do smartphone.

Esta tecnologia chega com o slogan “reimagine o que o smartphone pode ser” sendo condizente então com um último vazamento que veio à tona carregando a marca da icônica Motorola.

Eis que no Geekbench apareceu o suposto e impressionante Moto Z 2017, munido nada menos que do último SoC da Qualcomm – Snapdragon 835 e a versão final do aclamado Android Nougat.

Confira abaixo (clique na imagem para ampliá-la):

Vale ressaltar que pouco se sabe a respeito do dispositivo por parte da própria Lenovo/Motorola, mas a pontuação do aparelho em multi-core foi incrível.

O registro foi feito neste sábado (21) e de acordo com as fontes, de fato, se trata da variante 2017 do Moto Z. Até o momento, a Lenovo não confirmou a veracidade destas informações, mas se estas publicações forem verídicas, sem dúvida teremos um nome de peso em um embate ainda mais frenético no mercado de telefonia móvel inteligente nesta última geração.

 

Fonte: Geekbench