A Qualcomm revelou um novo chip que deve acelerar ainda mais o desenvolvimento de carros conectados e autônomos. Batizado de Qualcomm 9150 C-V2X, o processador permitirá que os veículos independentes se comuniquem entre si e também com a infraestrutura urbana. A expectativa é que a tecnologia aumente a segurança no trânsito, uma vez que todo perigo e obstáculo será rapidamente comunicado.

Segundo a fabricante, os novos chips são construídos especificamente para como comunicação vehicle-to-x (V2X), que pode ser traduzido como veículo-para-coisa. Para que tudo funcione, o processador usará a conexão 4G e futuras redes 5G para a troca de mensagens. Haverá ainda o uso do espectro de 5,9 GHz, exclusivo para a conexão de curta distância entre veículos nos Estados Unidos, o que dispensará o uso total de redes de operadoras de telefonia.

Embora os carros autônomos já sejam considerados bastante seguros, a comunicação V2X tende a aumentar ainda a confiabilidade desses veículos. O sistema pode avisar sobre acidentes e outras emergências no percurso, reduzir congestionamento ao redirecionar automóveis e ser usado por viaturas de socorro ou da polícia para alertar sobre sua presença.

Além da própria implementação em veículos, a comunicação V2X ainda encontra barreiras na baixa adoção pelas cidades. Conforme publicado pelo CNET, a adesão à tecnologia ainda é baixa, sendo a cidade de Las Vegas uma das poucas a implantar V2X em seus semáforos, em parceria com a Audi. O recurso informa aos carros da montadora quando a luz mudará de vermelho para verde.